PROF ABILIO MACHADO

O que encontrará aqui são informações são do próprio autor e outras colhidas nos jardins cósmicos e todas são identificadas.

Outros rabiscos dizem respeito a trabalhos acadêmicos, poesias, contos, historietas, peças teatrais e cada uma a espiritualidade se apresenta num relação íntima com a psicologia, a sexualidade e a arte... Vive L'art!

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

O professor Como Agente de Mudança e Transformação



INTRODUÇÃO

       O objetivo dessa pesquisa é compreender o papel do professor no contexto atual da nossa realidade, social, cultural, política e econômica, e também relatar influencias negativas no que tange esse ofício, como a falta de estrutura familiar e profissionais com pouca qualificação. 
       Embora constem esses pontos negativos, a profissão de professor é nobre e grandiosa uma vez que possui a missão de passar o conhecimento, princípios e valores, éticos e morais, contribuindo para a formação do pensamento crítico e do caráter do individuo. 
       A educação sempre será um desafio a ser vencido, e o professor sempre será peça fundamental nesse processo de ensinar e aprender, necessitando assim do apoio da sociedade como um todo, e o estado criando políticas voltadas para indicadores sociais, a qual melhore as condições de trabalho dos profissionais, propiciando uma remuneração digna.

O PROFESSOR COMO AGENTE DE MUDANÇA E TRANSFORMAÇÃO 

       O professor é uma das profissões mais antigas e de suma importância para a sociedade e, além disso, está centrada na vida. Atuar nessa área está cada vez mais complicado, pois o profissional é a cada dia mais cobrado, e ainda, em muitos casos, não tem suas expectativas plenamente atendidas, apesar de ser uma profissão de suma importância para a formação dos indivíduos. A sociedade vê o professor como o transmissor de conhecimento e cidadão moralmente correto. 
        Observam-se muitos problemas para a categoria, como por exemplo: Perda de autonomia, violência escolar, falta de compromisso dos responsáveis e etc. Há ainda os professores que não se qualificam, trazendo prejuízos à escola, e desvalorização dos profissionais. 
        O oficio de professor é ambíguo, muitas vezes é preciso intervir de um modo mais acolhedor com os alunos, dando afeto e carinho, isso por ter um comprometimento com os seus alunos mais carentes nesse sentido. Porém é muito frequente que esse profissional se sinta sobrecarregado por muitos fatores. Ser professor exige novas aprendizagens capazes de satisfazer aos desafios colocados a nossa realidade. Outro desafio que temos é uma sociedade cada vez mais exigente, tendo em vista tanta tecnologia, muita informação que se transforma a cada dia, as pessoas quase não tem tempo por estarem influenciadas pela mídia, e assim consequentemente interfere no processo educativo dos filhos. 
       Para ser professor é necessário ter muita sensibilidade, coerência, força de vontade, compromisso e principalmente ensinar o aluno a refletir e ter senso crítico. Ao decidir seguir a profissão deve-se ter consciência e responsabilidade, sabendo que será um agente transformador na sociedade. O professor é a figura mais importante no processo educativo, uma vez que é responsável pela formação dos cidadãos e ensinando-os desde cedo sobre as diversas áreas do conhecimento humano, sobre a vida e a sociedade. 
        O professor, portanto, é fundamental no desenvolvimento do aluno e de um cidadão consciente.Por isso é importante que o educador compreenda a diversidade que existe entre os alunos para que assim possa conduzi-los de modo significativo, e também é indispensável que seja construída nos espaços educativos a participação do indivíduo na vida pública, pois como ninguém nasce cidadão essa ideia de participação na sociedade precisa ser construída permanentemente. 
       Há várias atividades pedagógicas que levam a formação de um senso crítico e reflexivo sobre a vida em sociedade, através da leitura de textos literários, por exemplo, que favorece a discussão sobre vários temas cotidianos, e também da participação em trabalhos voluntários, que leva ao desenvolvimento e a capacidade da cooperação e argumentação sobre a realidade.
        Para que o trabalho do professor seja realmente valorizado o Estado deve contribuir para formação e capacitação dos profissionais, bem como oferecendo melhores condições de trabalho e desenvolvimento de suas atividades, e a sociedade consciente de sua responsabilidade na formação dos futuros cidadãos. 

CONSIDERAÇÕES FINAIS 

        O Professor é um agente de transformação social quando ele se propõe a ser um bom profissional, e tem o apoio da sociedade. As pessoas compartilham muitas informações nos dias atuais e muitas vezes não sabem filtrar o que é importante ou mesmo refletir sobre tal, por isso a importância de um profissional capacitado frente às novas gerações e novas tecnologias para assim formar cidadãos mais reflexivos e éticos. 
        Os desafios para a nova geração de educadores são grandes, pois a sociedade anda em ritmo muito acelerado, temos um povo educado para o consumo e uma linguagem resumida e prática, o educador não pode deixar de usar práticas educacionais que propõem a dialética pautada em função da reflexão, visando formar um cidadão atuante, critico e ético.

REFERÊNCIAS

A ESCOLA como um ambiente privilegiado para o desenvolvimento da ética moral, Web artigos, mar.2011. Disponível em:. Acesso em: 24 abr.

A ESCOLA e o professor na formação de um sujeito ético-político, Jornal Agora, jan.2012. Disponível em:.Acesso em: 24 abr.

FORMAÇÃO moral e ética dos alunos- cidadãos, Gestão escolar. Disponível em: . Acesso em: 24 abr.


O PROFESSOR na sociedade atual, Tribuna do norte, nov. 2011. Disponível em: . Acesso em: 26 abr.